Site Meter Ame Design - amenidades do Design . blog

23.3.15

Poster Lamp





Idéia minimalista e bela a da Poster Lamp do estúdio japonês YOY. A lâmpada é um pequeno LED e a cúpula uma única folha de papel curvado para funcionar como quebra-luz.





De fácil montagem, basta usar uma fita adesiva para colocar as partes do lugar desejado. Em branco puro fica lindo mas ainda permite a idéia de personalização, afinal uma folha de papel em branco as vezes clama por uns desenhos :) Nada como a simplicidade de uma boa idéia!







Papel jornal, o retorno...
através do design





Quem lembra da "madeira" feita de jornal reaproveitado? Pois hoje trago um uso sensacional deste tipo de proposta de material: armação de óculos!

Este projeto começou como um experimento, uma experiência em transformação para tentar retornar o papel a algo perto de seu estado original. Após mais de um ano de experimentação, pesquisa e desenvolvimento para resolver todas as questões técnicas, mostradas no vídeo acima.

Para fazer cada par de óculos, mais de 400 metros de papel de jornal são enrolados em um diâmetro de, aproximadamente, 10 centímetros. Este "rolo" é serrado em camadas finas para revelar, uma textura que se assemelha a uma madeira única. O produto final é uma armação de óculos completamente original em sua aparência, com linhas densas, grão, tons e apenas uma sugestão de texto. Lindo!









Para ver mais sobre a Shwood Eyewear e sua coleção Newspaper clique aqui



19.3.15

Texturas e cores de paredes abandonadas






É de elementos do dia-a-dia que tiramos muitas de nossas inspirações, algumas vezes de forma consciente, mas tudo o que vemos acaba por nos influenciar mesmo que inconscientemente. Então para dar uma mãozinha a sua inspiração consciente que tal olharmos também locais que a um primeiro olhar nos parecem degradados, em termos materiais. Geralmente este tipo de lugar é rico em texturas e combinação de cores diversa, "construidas" pela ação do tempo sobre nossa cultura material.





Aqui nesta postagem trago esse olhar curioso pela estética soviética através de interiores abandonados. Mas bem que poderia ser qualquer lugar, não acham? Apesar de que cada local, espaço, tem registrado as marcas de sua cultura (como cores, materiais e texturas específicos dos usos de quem esteve naquele local). Imagino como ficaria rico um estudo que compare as texturas, cores e materiais de cada cultura humana. Já imaginaram?








Em cada imagem é possível perceber uma escala de combinação de cores e texturas. Aproveitem e admirem toda a coleção de imagens clicando aqui, onde cada imagem fala sobre lugares, no qual cada papel de parede rasgado e cada camadas de tinta, e flores misteriosas aparecem onde o tempo não pára.







12.3.15

A marca dinâmica Fugue por Sagmeister e Walsh








A marca Fugue, criada por Stefan Sagmeister e Jessica Walsh, tem sua geração, funcionamento e regeneração automatizada por software. A intenção foi de projetar uma marca que tornasse visível a efemeridade incorporada em seus atributos centrais de linhagem e elegância, através de uma nova forma de pensar os gráficos. O desenho funciona através da programação do software, que constantemente se regenera enquanto os dados se movem de um ponto a outro. Também foi desenvolvida uma aplicação que lhes permite importar qualquer arquivo SVG para que eles possam facilmente criar novos padrões e ilustrações ao longo do tempo, conforme necessário.










Quando você importa um desenho em linha o aplicativo gera automaticamente a mesma linguagem estética do logotipo. O usuário pode então alterar o tamanho, velocidade e densidade com o aplicativo para aumentar a clareza ou criar estilos específicos de animações com base em sua necessidade. A aplicação do logotipo também tem uma função de desenho, de modo que você pode desenhar visuais abstratos, dentro da mesma estética visual, usando um dispositivo tablet.








O estilo gráfico, a escolha da dinamicidade da marca e o naming se encaixam perfeitamente, pois em música, o termo "Fugue" ou uma "fuga" é um estilo de composição contrapontista (que utiliza as regras do contraponto), polifônica (em duas ou mais vozes), construído sobre um assunto (tema). Com  sua origem na música barroca, nesta estilo de composição musical o tema é repetido por outras vozes que entram sucessivamente e continuam de maneira entrelaçada. Para perceber como tudo se encaixa basta dar o "play" nos videos desta postagem :)

O nome do software, Fugue, faz referência a música que ficaram famosas por compositores como Bach, Mozart e Beethoven. Os criadores do software são ex-músicos e, para incorporar a música no branding, o software foi pensado de forma a carregar qualquer música a partir de uma biblioteca de usuários. A velocidade & ritmo alteram para refletir o ritmo da música. As vinhetas da marca com som podem ser usadas em feiras, na demo do aplicativo, ou on-line, como animações.


21.2.15

Cartão de visitas para os amantes de queijos





Um cartão de visita que funciona como um ralador para os amantes de queijos :) Esta foi a estratégia criada por Fernando Christo e Filipe Matiazi, criativos da JWT Curitiba, para a Bon Vivant, uma loja especializada em queijos localizada no Mercado Municipal de Curitiba.

Seguindo o conceito “Indispensável aos amantes de queijo”, os cartões são feitos de inox, de forma artesanal, e levam o logo, telefone e endereço da loja. Assim, ao consumir queijo e utilizar o ralador, as pessoas terão a lembrança da loja. Mas mesmo que não levem em suas carteiras, a comunicação já se deu de forma eficaz e memorável com seu público!

17.2.15

Brincadeira como inspiração



Um mural criado com trilhos de trem de brinquedo :) as miniaturas de plástico formam um desenho inovador nas paredes da instalação Paramodel criada por um coletivo japonês. O resultado é um magnífico azul que invade as paredes, piso e até o teto. Um mural original, onde a montagem deve ter sido a grande diversão, com certeza!









O curador Natsu Oyobe explica que "Há muitos aspectos da obra de Paramodel que se assemelham ao universo infantil. Em paramodelic-graffiti, os artistas se inspiram especialmente do caráter aberto de como as crianças brincam com construções em bloco ou como um desenho de giz pode se expandir infinitamente, enquanto existem tempo, energia e recursos disponíveis."





Mais imagens da montagem da instalação clicando aqui.

16.2.15

Cursos online para se atualizar




O pessoal da universidade de Stanford D.School disponibilizou uma página, como uma amostra grátis, com uma experiência virtual do curso intensivo da d.school em "Design Thinking".

Esta versão online usando vídeo, folhetos e dicas de facilitação são para levá-lo passo a passo através do processo criativo de forma a participar de um desafio de design :) Nenhuma experiência em design anterior é exigida. Clique aqui para acessar.



A intenção é que a experiência, lhe mostre alguns dos princípios básicos do Design Thinking e que a pessoa que participar da experiência possa adaptá-la em sua rotina pessoal e/ou profissional. Uma excelente forma de divulgação do curso e da universidade e uma boa idéia para fazer neste feriado, não é?

Outras super dicas abaixo de cursos online (EaD) em grandes universidades que super valem a pena, alguns gratuitos! Aproveitem!

Stanford University

Harvard University

Na plataforma Veduca tem cursos de diversas universidades e no Coursera também, incluindo USP e Unicamp.

Tem dicas de outros cursos online? Compartilha com a gente ai nos comentários :)