Site Meter Ame Design - amenidades do Design . blog

22.8.14

Gifs Animados do século XIX















O americano Richard Balzer  criou um museu online das primeiras animações e brinquedos ópticos dos séculos XVIII e XIX: fenacistoscópios, praxinoscópios e zootropos, entre outros :)

Balzer trabalhou com um animador durante anos para digitalizar apenas uma parte da coleção, acumulada ao longo de quatro décadas em mercados de pulgas e antiquários de todo o mundo. Esses arquivos digitais já estão disponíveis, em forma de GIF, em um excelente Tumblr do colecionador.












O arquivo de Balzer possui de tudo, até versões bem bizarras para nossos critérios culturais atuais: crianças saltando na boca de leões em um zootropo de 1870, um carrasco sorridente decapitando Satanás e coisas do tipo. Balzer também mantem um blog.

Abaixo imagens do colecionador de dois tipos de zootropo. A versão representada abaixo adaptada ao LP no Gramofone me lembrou a brincadeira que o "Balão Mágico" trouxe no LP de 1985 com este principio da animação: o disco vinha com um carrossel de montar que simulava um faixa zootrópica :)






Acho que vocês vão gostar de rever a exposição feita com Gifs Animados a moda antiga.

21.8.14

O vidro e o vime



Jarros de vidro tradicionais e cestas de vime, tradicionalmente associados ao ato de servir vinho e pão, são reinterpretados e juntos tornam-se um só objeto entrelaçado através da colaboração entre os dois designers Alberto Fabbian e Paola Amabile.

A série "Pane e Vino" (Pão e Vinho) explora a relação entre os processos artesanais do vidro soprado e o vime. A intenção dos designers aqui é assumir o papel de exploradores responsáveis ​​por investigar novas conexões entre os atores, processos e conhecimentos, entre tradição e inovação com objetivo de criar impactos positivos através da transferência de conteúdos que podem ser compartilhados de diversas formas, seja através de objetos, situações ou alimentos para o pensamento. 












Composições no escritório










Muitas vezes brincadeiras simples como esta podem ser uma baita inspiração e uma forma de "destravar" nossa mente criativa… Então fica aqui a dica deste tumblr com composições fotográficas criadas com o material do escritório. Fala a verdade, as vezes esquecemos como qualquer material a nossa volta pode ser parte de algo bem mais interessante. Belo exercício criativo :)

































Esse exercício foi feito pelo site/loja online Present and Correct

Quem curtiu as composições vai curtir também as peças de Gilbert Legrand e Jason Taylor

18.8.14

Luminaria CMYK





O designer Dennis Parren desenvolveu uma lâmpada que projeta sombras coloridas! A lâmpada CMYK combina uma fonte de luz principal branca e LEDs coloridos em vermelho, verde e azul… Exatamente, o nosso velho conhecido esquema RGB resulta em sombras CMYK. Quando as três cores primárias são combinadas, você tem uma luz branca. No entanto, quando uma destas lâmpadas de cores é bloqueada pela forma estrutural da própria lâmpada, então as outras duas se combinam para produzir sombras terciárias (ciano, magenta e amarelo claro). Espetacular!

O melhor de tudo é ver os sistemas de cores funcionando na nossa frente desta forma :) Sensacional, não é?






O projeto da lâmpada foi o desenvolvimento comercial que resultou como parte do projeto de graduação de Dennis na Design Academy Eindhoven, em 2011, que se trata da luminária desta postagem.




Ciano, magenta e amarelo, juntamente com o preto, compõem o modelo de cores subtrativas CMYK usada na impressão, enquanto o vermelho, verde e azul compõem o modelo de cores RGB aditivo comum para telas eletrônicas.

Parren explica como as propriedades de lâmpadas LED permitiu-lhe "mostrar como as cores primárias da luz (vermelho, verde e azul) e as cores do pigmento (ciano, magenta e amarelo), interagem. O efeito resultante pode ser chamado de estética da luz LED" e completa "Você não pode realmente dizer 'essa cadeira é vermelha'. Na verdade, a cadeira está refletindo luz vermelha enquanto absorve luz verde e azul. É a luz que colore o mundo."

Ele acrescenta que a lâmpada CMYK "não foi concebido para demonstrar como e por que, mas para mostrar que a luz é o verdadeiro guardião da cor."




Em mesas, paredes ou no chão, essa proposta se torna uma instalação particular de luz que explora as propriedades físicas e mágicas das cores.





Para completar o designer também descobriu, por acaso, que as linhas de sombra podem ser visualizadas como 3D, portanto, improvisou os óculos como podem ver abaixo...





Esse projeto me deixou intrigada, gostaria de decifrá-lo pessoalmente… resumindo #quero :)