Site Meter Ame Design - amenidades do Design . blog: Geometria como inspiração: Sol Lewitt

22.9.11

Geometria como inspiração: Sol Lewitt


Ao me deparar com estes traços logo percebi a inspiração geométrica e o valor criativo de cada peça, mesmo sem conhecer ainda seu autor. Pesquisando conheci um dos grandes nomes da arte minimalista, Sol Lewitt: que desde seus primeiros trabalhos manteve um vocabulário visual simples e conciso, geralmente estruturado a partir de elementos cúbicos ou derivadas do cubo, em variações organizadas sobre uma grade. Eram volumes simples, que convidavam o espectador a reconstruir o retrato mental das variações possíveis da figura. Durante longo tempo, utilizou linhas retas e formas geométricas básicas. Seus primeiros desenhos murais eram feitos em pequenas dimensões e linhas finas. Mas durante os anos 80, veio sua fase em grande escala e seu trabalho incorporou cores fortes.


O projeto acima se trata de desenhos esquemáticos de cubos incompletos, datado de 1974. Abaixo, usou linhas vermelhas entre as palavras "arte" na página impressa, linhas Azuis a partir dos quatro cantos e linhas verde para os quatro lados, 1972.


Simples e perfeito!!

4 comentários:

  1. Anônimo22.9.11

    Legal o artigo, mas a fonte é muito pequena.
    Confunde o olhar e torna a leitura muito cansativa.

    ResponderExcluir
  2. Anotado! :-)

    O Amenidades do Design passará por uma reestruturação e esta será uma das prioridades, ok?

    Obrigada por acompanhar e deixar sua opinião!!
    Seja sempre vindo e continue colaborando...

    Carol Hoffmann

    ResponderExcluir
  3. **** Não precisa publicar*****
    Oi Carol! Teu blog é maravilhoso, parabéns!
    Só tenho um pedido... Tô ficando ceguinha e teimando em usar óculos. Se puder aumentar a fonte, seria ótimo para minha auto-estima, hehehe. Um abraço

    ResponderExcluir
  4. :-) Agradeço os elogios e o pedido que será super levado em consideração no redesenho do blog... já ocorrendo nos bastidores, viu?

    BJs gde e continue acompanhando as novidades, tá?
    Carol Hoffmann

    ResponderExcluir