Site Meter Ame Design - amenidades do Design . blog: PicNic de Idéias - Oscar Reinstein

26.11.10

PicNic de Idéias - Oscar Reinstein

Hoje convidei o designer Oscar Reinstein para o nosso Pic Nic por se tratar de um designer que procura explorar e diversificar seus suportes criativos, explorando todas as possibilidades em cada projeto, incluindo volumes :-)) o que torna o projeto bem mais divertido... Aproveitem este farto pic nic recheado com preciosas dicas nas palavras do Oscar, donde destaco a seguinte frase: "saber extrair aquele detalhe especial de tudo o que nos rodeia é que torna essa profissão interessante e divertida" :-)) Curtam!!



Oscar por suas próprias palavras:
"foi interessante parar para organizar graficamente, de onde vem minhas ideias e inspirações. afinal, no dia a dia creio que quase não paro para pensar de onde vem certas ideias para meus trabalhos.

como referência, na verdade, citaria tudo que está ao meu redor. e isso inclui novelas, revistas de celebridades, uma boa banca de revistas, placas de rua, músicas, filmes, supermercados... creio que o principal de tudo isso, é saber extrair aquele detalhe que faz a diferença ao olhar.

quando comecei na área os recursos eram bem mais limitados e letraset era a referência para tudo. ainda tenho guardado meus catálogos de fontes de letraset e me arrependo por não ter mais as pilhas de folhas com os mais diversos tipos. desde o meu início no design, tive como forte referência os trabalhos de herb lubalin, saul bass e do miran. sempre fui atrás da revista gráfica para conhecer novos artistas. me identifiquei muito com os diversos trabalhos desses designers e a maneira como eles exploram a tipografia e muitas vezes, acabo fazendo o mesmo. raramente meus trabalhos são coloridos, geralmente uso duas cores e sempre que possível, de acordo com o cliente, dedico a maior parte do meu tempo a tipografia.

creio que uma das primeiras grandes viradas em meu trabalho, foi em 1996, na panamericana design, evento organizado pelas escola panamericana, em são paulo, que trouxe pela primeira vez ao brasil designers como david carson e paula scher. ao conhecê-los, meu olhar cresceu.

apesar de nunca ter abandonado totalmente a área, cheguei a cursar teatro na faculdade de artes do paraná, para perseguir meu sonho de infância de fazer cinema. imaginava que uma coisa poderia me levar a outra, já que por aqui não tínhamos um curso de cinema. com a chegada do curso na mesma faculdade, entrei na primeira turma e cursei 3 anos dele, para então, perceber que minha área era definitivamente o design.

mas vejo que o cinema esta presente fortemente em meu trabalho, novamente pelas mãos dos belos créditos feitos por saul bass para hitchcock, otto preminger e martin scorsese, ou então nos cartazes e créditos dos filmes de pedro almodóvar, com sua linguagem ultra colorida e pop. também sou um grande admirador do trabalho de billy wilder, um cineasta que passou pelos mais diversos gêneros cinematográficos, sem jamais perder o seu próprio jeito de contar uma história.

ao ser convidado para criar a identidade visual de uma loja com uma linguagem mais romântica, percebi que meu trabalho ganhou mais um impulso, cresceu nos detalhes e nas referências. com isso, conheci o belíssimo trabalho de tord boontje. vejo que todas essas novas referências foram incorporadas ao meu próprio estilo e vejo isso como algo bom, crescer, não necessariamente mudar, mas aprender a trazer algo novo ao próprio trabalho, sem perder a identidade pessoal.

coloco madonna como uma grande referência por acompanhá-la há anos e ver o seu cuidado em cada novo lançamento. ela já trabalhou com grandes designers e algumas fases do seu trabalho são sensacionais. a fase erotica, que teve todo o material criado por fabien baron, é incrível. o livro sex é lindissimo e creio que qualquer designer se encanta pelo tratamento gráfico dado as fotos "eróticas" da madonna.

hoje em dia, tenho como grande referência de novos profissionais, minha coleção de toy art. são centenas de artistas do mundo todo, que possuem diversas linguagens e costumo conhecer não apenas seus toys mas também seus trabalhoss pessoais. vale a pena ir atrás de tara mcpherson, amanda visell, gary baseman e nathan jurevicious, entre outros.

a verdade é que quanto mais cada um de nós se abrir a novos trabalhos, melhor. não como designer apenas, mas para seu prazer pessoal. saber extrair aquele detalhe especial de tudo o que nos rodeia é que torna essa profissão interessante e divertida."

Abaixo uma amostra do trabalho de Oscar Reistein





5 comentários:

  1. obrigado pelo convite carol!
    uma observacao: o primeiro trabalho, o catalogo do clube de criacao do parana, 'e um projeto grafico do miran. trabalhei nesse projeto em parceria com o miran, como designer assistente.
    grande abraco.

    ResponderExcluir
  2. O prazer foi meu e de todos os que curtem o Amenidades do Design :-)

    Abraços,
    Carol Hoffmann

    ResponderExcluir
  3. Grande postagem esta com o trabalho criativo do Oscar. Parabéns, todos nós saímos ganhando.

    ResponderExcluir
  4. Muito boa a postagem com o trabalho extremamente criativo do Oscar. Com certeza, todos saem ganhando> Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Exatamente gveneroso :-)

    O Amenidades foi e é feito com esta intenção :-) a de que todos ganhem no processo :-))

    Abraços e seja bemvindo,
    Carol Hoffmann

    ResponderExcluir